close
voocancelado

Conforme entendimento da 1ª Vara Cível de São Paulo, uma família deverá receber indenização por danos morais devido a cancelamento inesperado de voo e acomodação em hotel que veio a ter um incêndio.

De acordo com os autores, o voo marcado foi cancelado inesperadamente e transferido para o dia seguinte sem maiores explicações, sendo transferido para o dia seguinte. Diante do cancelamento, foram então encaminhados ao Hotel Golden Dolphin, onde permaneceriam até o dia seguinte para o embarque. Durante a madrugada, porém, houve um incêndio no restaurante do hotel, o que obrigou a família a esperar por mais de 5 horas na rua enquanto o Corpo de Bombeiros controlava o fogo.

Cada membro da família receberá da agência TAM Viagens e do Hotel Golden Dolphin, R$ 5 mil de indenização, que somados totalizam R$ 35 mil.

No entendimento da juíza Samira de Castro Lorena:

“restou incontroverso que os autores passaram por diversos apuros relatados na inicial em decorrência de incêndio que ocorreu no estabelecimento da segunda ré.”

Cabe recurso da decisão.

Processo TJSP: 1018390-07.2014.8.26.0003

P.S. Se você necessita de modelos de petições sobre reparação decorrente de problemas com companhias aéreas, a Veredictum Petições possui um kit completo com petições iniciais sobre os direitos do consumidor que inclui esse tipo de demanda. Clique aqui para conhecer.

Tags : agencia TAMcancelamento de voocondenaçãodanos moraishotelHotel Golden DolphinincendioTAM
Max Borges

The author Max Borges

Max Borges, advogado formado pela PUC/RS é criador e editor do Veredictum - Direto ao Ponto.

Leave a Response