close
ID-10095619

Médica deve pagar indenização por danos morais no valor de R$ 72,4 mil e mais uma pensão mensal equivalente a um salário mínimo para mãe que sofreu com problemas durante o parto. A decisão é da 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo.

De acordo com a mãe, no dia do nascimento da criança, a médica teria prolongado o trabalho de parto além do necessário por demorar a decidir realizar a cesária ao invés do parto natural. A mãe afirma ter tido uma gravidez tranquila, mas após o nascimento, o bebê foi diagnosticado com uma espécie de paralisa cerebral, que resultou em sequelas permanentes.

Para o relator do processo, o desembargador Fortes Barbosa, ficou comprovada a negligência da médica. A decisão foi unânime.

Além de receber indenização da médica responsável pelo parto, representantes do hospital fizeram acordo de pagar R$ 120 mil para a família da criança.

Processo 0027297-17.2011.8.26.0577

Tags : danos moraisdireito do consumidorerro médicoindenizaçãonotícias jurídicaspartoveredictum
Max Borges

The author Max Borges

Max Borges, advogado formado pela PUC/RS é criador e editor do Veredictum - Direto ao Ponto.

Leave a Response