close
Bebada_da_Banda_capa

Uma mulher embriagada que foi abordada na rua por uma repórter da Band e deu entrevista cantando “ai se eu te pego”e “eu quero tchu, eu quero tchá” não será indenizada por danos morais. A mulher pretendia ser indenizada em R$ 50 mil  pelo fato de não ter autorizado a exibição da matéria.

Contudo, por maioria a 4ª Câmara de Direito privado do TJSP entendeu por negar provimento ao recurso de apelação apresentado pela parte autora.

Processo 0022152-85.2013.8.26.0002

Leia a íntegra do Acordão.

Conheça o voto divergente.

Tags : bêbada da Banddanos moraisindenizaçãojuizjulgamentojustiçanotícias jurídicasTribunal
Max Borges

The author Max Borges

Max Borges, advogado formado pela PUC/RS é criador e editor do Veredictum - Direto ao Ponto.

Leave a Response